domingo, junho 10

REGRESSO




Depois de mais um interregno, aqui volto para tentar reactivar este espaço, com um poema de António Sem




Hoje
Não sou Poeta
Sou vagabundo



Hoje
Não faço versos
Sou cicatriz aberta


Hoje
Não tenhgo a Lua
Nem sou estrela



Hoje
Nada sou sem Ti

5 comentários:

Je Vois La Vie En Vert disse...

Venho agradecer a sua visita e as suas palavras no meu blog que não teria começado sem a sua ajuda no início e ofereço-lhe a minha ajuda se quiser aprender mais acerca de blogs !
Um abraço verdinho

Paula Raposo disse...

Tão lindo poema!!

Pepe Luigi disse...

Passei para lhe desejar um Feliz Natal, uma boa passagem de ano cheia de alegria paz e amor, e são também votos meus de um Bom Ano Novo de 2008.

Dad disse...

Que o Natal, o verdadeiro, não o dos Centros Comerciais, possa constituir um momento de introspecção que nos leve a ser melhores e a entender os nossos Irmãos caminhantes desta terra.
Que una as famílias e os amigos e ajude a perceber o propósito da nossa vida aqui, nesta
Terra que é de todos mas que, infelizmente, só alguns usufrem a seu belo prazer.

Um abraço,

Dad disse...

_________________Paz
_______________União
______________Alegrias
_____________Esperança
____________Amor Sucesso
___________Realizações Luz
__________Respeito harmonia
_________Saúde solidariedade
________Felicidade Humildade
_______Confraternização Pureza
______Amizade Sabedoria Perdão
_____Igualdade Liberdade Boa sorte
____Sinceridade Estima Fraternidade
___Equilíbrio Dignidade Benevolência
------¬¬¬¬ ¬¬Força Tenacidade Prosperidade
------------- Reconhecimento
_______________!!!!
_______________!!!!
_______________!!!!
----------------FELIZ NATAL
---------------------DAD